Revista Proteção: FHO como abordagem “diferenciada” e “possível”

A Revista Proteção lançou duas ótimas matérias, em fevereiro e março de 2020, sobre a necessidade da integração dos Fatores Humanos e Organizacionais nos processos de gestão da segurança nas indústrias.

As matérias são assinadas por por Gustavo Duca, Engenheiro de Produção, Especialista em Segurança do Trabalho e Mestrando na UFMG.

Na contramão da Engenharia de Segurança Clássica, Duca discorre sobre a ineficiência da hipernormatização e do desenvolvimento de abordagens punitivistas comumente encontradas nas empresas. Ele também mostra com clareza o limite das normas na gestão da segurança, algumas vezes sendo contraproducentes, e a necessidade do desenvolvimento de uma abordagem que favoreça uma “aproximação entre o mundo dos trabalhadores da gestão e da produção”, através do “reconhecimento das competências dos operadores em lidar e gerenciar o risco”.

Por mais Engenheiros de Segurança como Gustavo Duca!

Leia as duas matérias aqui!

Matéria 1: fev/2020

Matéria 2: mar/2020

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s